Todos

Dicas para as noivas no mês dedicado a elas

Noivas usam o casamento como motivação extra para emagrecer, mas é preciso equilíbrio nas escolhas alimentares

Quando maio chega, vem com ele a temporada de casamentos. Época do ano preferida para a celebração do grande dia da vida de muita gente, maio é conhecido como o “mês das noivas”. Essa tradição começou no hemisfério norte, onde é celebrada a chegada da primavera e os jardins se enchem de flores durante o período. Com o passar dos anos, as floradas foram sendo associadas à feminilidade, à celebração do amor e ao casamento.

É um tempo de festa, em que as noivas – e até mesmo os noivos – se concentram não apenas nos preparativos da cerimônia, mas também nos cuidados consigo, muitas vezes optando por dietas quando a data do casamento vai se aproximando. É importante ressaltar que regimes milagrosos acarretam em risco à saúde e esta deve vir sempre em primeiro lugar. Antes de querer atingir um padrão estético para caber no vestido, toda noiva pode incluir hábitos saudáveis em sua rotina, considerando primordialmente  seu bem-estar e o controle de estresse, tão presente em época de casamentos.

Ao pensar em dieta, o macarrão quase sempre é apontado como um sabotador e costuma ser um dos primeiros alimentos cortados do cardápio das noivas. Mas engana-se quem evita comer a massa, achando que ela é um grande problema, pois além de ser uma ótima fonte de carboidrato, responsável por fornecer energia e bem-estar ao longo do dia, é também uma aliada para quem quer emagrecer. A nutricionista Vanderli Marchiori afirma: “O macarrão pode e deve ser consumido porque é, comprovadamente, um veículo para inserir alimentos mais saudáveis na dieta de quem tem sobrepeso”.

No entanto, o macarrão sozinho não garante a saciedade nem a variedade de nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo. A fim de manter a saciedade, algo importante para as noivas em processo de dieta, a orientação é combinar o carboidrato com uma fonte de proteína, porque eles resultam na proporção ideal de nutrientes. Outra dica relevante é o cuidado em relação aos molhos usados para acompanhar a massa, já que esses podem conter gordura e sal em excesso, prejudicando uma alimentação adequada.

Um prato realmente balanceado é composto de 60% de carboidrato com 40% de proteína, explica Vanderli. Essas fontes proteicas podem ser escolhas vegetarianas, caso a pessoa não queira consumir carne. A nutricionista recomenda combinações como feijão-fradinho, funghi, queijo de búfala e tofu. “Pode-se preparar a massa com castanhas, diferentes tipos de feijão, proteína de soja, cogumelos ou seitan, que é a ‘carne’ feita de glúten”, completa.

Veja alguns exemplos de pratos equilibrados, podendo ser adotados por noivas que querem manter a forma sem abrir mão da saúde:

  • Espaguete à bolonhesa
  • Macarrão tipo penne com tofu e alga nori
  • Salada de macarrão tipo fusilli com feijão-fradinho e alho-poró
  • Lasanha de peru com queijo de búfala
  • Risoni com funghi

Fonte: Vanderli Marchiori